quarta-feira, 8 de março de 2017

How I fell

Hoje acordei com a mesma velha angústia, daquela que aperta a garganta e te impede de respirar. Mais dúvidas surgem em minha mente como um furacão em meio ao caos. Os dias calmos e seguros acabaram, a sensação de existência passou e trouxe novamente o buraco negro que me ronda. A visão nublada voltou e com ela a tentativa estúpida de trocar o óculos e encontrar a nitidez temporária novamente. Estou procurando um lugar na minha própria vida, em qual parte vou encaixar e deixar essa crise para trás? Espero pela parte em que a dificuldade passa e permanece somente a calmaria.

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Sentimento estranho

Sentir felicidade é estranho,
já faz tanto tempo.
A correria me fez esquecer.
O medo não deixou chegar perto.

Mesmo no impossível, você veio.
Mesmo com tantos muros, você chegou.
E não me senti vazia, não senti que era apenas mais um dia.
Eu me senti viva, esperanças criaram raízes.
Estava feliz, finalmente, depois de tanta tortura.

terça-feira, 28 de junho de 2016

Lembranças

Lembrar do seu sorriso me mantém forte.
Lembrar da sua voz me mantém agradecida.
Lembrar do seu abraço me mantém calma.
Lembrar da sua presença me mantém viva.

Busca

Hoje me senti grande, senti também vontade de lhe contar minhas últimas vitórias.
Lembra o quanto tentava me aproximar? Ou os nossos gostos em comum?
Grande parte do que sou hoje é graças a você, tanto os aspectos ruins quanto os bons.
E isso é o que tem me moldado ultimamente, uma busca por mais coisas que gostaria de lhe dizer.

sábado, 18 de junho de 2016

Hoje estou travada, as palavras não querem sair.
Lembrar dói, escrever dói e falar é impossível.
Por isso só digo obrigada,
obrigada a todos que estiveram comigo,
aos que me abraçaram, aos que ouviram, aos que me fizeram sorrir,
os que estenderam o ombro para as diversas lágrimas não contidas,
ou aqueles que simplesmente olharam por mim, mesmo de longe.
Sim, já fazem 1 ano. Um longo e doloso ano.
Um ano de dias vazios, desentendimentos, negação, tristeza, desistência e muita luta interior.
Não estou melhor, não me sinto nada melhor.
Apenas sigo, por aqueles que estão comigo, pelos que amo.
Dizem que no final tudo se ajeita, não é mesmo?
Sigo esperando por isso.