sábado, 23 de fevereiro de 2013

(...)

Na solene simplicidade da noite abraço a lua.
Envolvo toda sua superfície com meus pequenos braços e faço-a dormir em um balançar suave.

Nenhum comentário:

Postar um comentário