terça-feira, 16 de setembro de 2014

Tão distante te vejo

O vento sopra gelado
Faz meus olhos se encherem
Por mais que eu tente
nunca irei alcançar você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário