domingo, 26 de outubro de 2014

Transbordando.

It's raining in my heart...

Nossa música...

   Antes do inesperado ocorrer lembrei do teu sorriso. A música que pairava em meus ouvidos me trouxe o carinho que senti uma vez ao lado teu. Decidi apresentá-la à você, mas não tive tempo...
  Agora quando a ouço as lágrimas gentilmente deslizam por minha face. Recordo-me da primeira música a qual me apresentou, dessa mesma banda, você sempre estava feliz ao ouvi-la e até mesmo dançava.
  Você se lembra? Costumava ser tão simples, apenas você, apenas seu olhar... o que ouve conosco? Quando começamos a sair do ritmo? Você sabe?

domingo, 12 de outubro de 2014

Dark

Você consegue ver o sol nascendo?
Tudo que vejo é escuridão.
Céus, July! Você está cega.

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Acalma minh'alma

Não importa quanto tempo passe, sempre irei buscar conforto em sua voz, por isso, nunca se cale.

Nublado

 Uma manhã tão maravilhosa, o vento tão revigorante. Me senti viva. Tive orgulho de estar viva. Os pingos frios de chuva chocaram-se com minha pele, respirei fundo e absorvi toda a vida que emanava ao meu redor. Um céu nublado. Como num passe de mágica tudo se tornou escuro. Me senti vazia. Me senti um nada. Tive medo de me sentir viva, tive medo por estar vazia.

Liberte-me.

Eu quero ser rasgada em pedacinhos
então venha e me estraçalhe
acabe de vez com o que restou
Destrua esse coração 
e não o deixe mais sentir dor
Meu castigo será nunca mais experimentar,
um toque seu, o seu calor
qualquer que seja, ódio, amor e dor
Leve-os.
Acabe de vez com o que restou
Arranque com suas mãos
Liberte-me.

Vá!

Eu não quero, então porque continuo sofrendo?
Alguém arranque meu coração
eu não o quero
tire-o de mim
não suporto
Não quero seguir essa agonia
Saia!
Pode sair.
Você não pertence a mim.