quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Vá!

Eu não quero, então porque continuo sofrendo?
Alguém arranque meu coração
eu não o quero
tire-o de mim
não suporto
Não quero seguir essa agonia
Saia!
Pode sair.
Você não pertence a mim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário