domingo, 26 de julho de 2015

Insônia

E agora não consigo dormir, os dias tem sido longos e cada vez mais acumulativos. Há algo crescendo e cada vez mais me paralisando. Não me sinto capaz de seguir e encarar de frente o que tanto perturba. Meu coração está aflito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário